Advogado em São Paulo e sócio fundador de “José Emilio Nunes Pinto Advogados”, escritório criado em março de 2005, com atuação em São Paulo, e especializado em arbitragem doméstica e internacional, contratos cíveis, comerciais, administrativos e financeiros, além de atuação em projetos de infra-estrutura, com ênfase nas áreas de energia elétrica e gás e petróleo, atividade regulatória correlata, bem como das operações de financiamento a eles relativas.

Desde 1994 está envolvido em projetos de infra-estrutura, sendo responsável pelo desenvolvimento de projetos, elaboração e negociação de contratos relativos a operações complexas e contratos em cadeia contratual complexa, e implementação de estruturas de financiamento, abrangendo operações estruturadas e utilizando esquemas operacionais de “project finance”, incluindo projetos novos de geração de energia elétrica, no regime de produção independente e auto-geração, e projetos de implantação de dutos de transporte transfronteira de gás natural, tendo representado nessas operações os patrocinadores dos projetos, financiadores dos mesmos ou a sociedade de propósito específico constituída para receber os ativos do projeto.  Atuou em processos de privatização de distribuidoras e geradoras de energia elétrica e de distribuição de gás natural canalizado, além de haver prestado assessoria em procedimentos licitatórios da ANP para a concessão de blocos para exploração e produção, representando em todos esses casos potenciais investidores interessados.

Independentemente disso, teve extensa e prolongada atuação nas áreas bancária e de mercado de capitais e de fusões e aquisições, tendo, quanto a esta última, participado em operações de porte variado e nas mais diversas áreas, como assessor de compradores e de vendedores, tendo a seu cargo a estruturação de operações, a elaboração e negociação de contratos de compra e venda de ações, contratos de compra e venda de ativos, acordos de acionistas e contratos correlatos.

Na área de arbitragem, integra a lista de árbitros da Câmara de Comércio Brasil-Canadá, da Bolsa Mercantil e de Futuros – BM&F e da CAMARB – Câmara de Arbitragem Empresarial – Brasil, de Belo Horizonte, Minas Gerais.  Vem atuando como árbitro, especialista em direito brasileiro (“expert witness”) e advogado em arbitragens nacionais e internacionais, em procedimentos administrados pela ICC e por Centros de Arbitragem brasileiros, além de arbitragens “ad hoc”.

É membro fundador do Grupo Latino Americano de Arbitragem da CCI, tendo sido indicado pelo Presidente da Corte Internacional de Arbitragem da CCI, é membro do Advisory Board do Institute for Transnational Arbitration, de Dallas, Texas, USA, é membro do Advisory Board do Institute of Energy Law, de Dallas, Texas, USA, é membro da Association of International Petroleum Negotiators – AIPN, de Houston, Texas, é membro do Comitê Brasileiro de Arbitragem – CBAr e integrante de seu Conselho Consultivo, é membro do Conselho Editorial da Revista de Arbitragem e Mediação publicada pelo Instituto Brasileiro de Direito Comparado e da Revista Brasileira de Arbitragem publicada pelo Comitê Brasileiro de Arbitragem, é Diretor do Comitê “A” (Petróleo) da Section of Energy and Natural Resources – SERL – da International Bar Association – IBA, é membro do Comitê “D” (Arbitragem) da International Bar Association – IBA.  Atuou como membro suplente da Representação Brasileira na Corte Internacional de Arbitragem da CCI, em Paris, França, entre 1989 e 1992, tendo servido, durante esse período, em diversas oportunidades, como membro titular nas reuniões mensais daquela Corte.  Foi membro do Comitê Gestor do Centro de Arbitragem da Câmara Americana em São Paulo e, atualmente, é Vice-Presidente do Centro de Mediação e Arbitragem da Câmara de Comércio Brasil – Canadá, com mandato até 2009.  Integra, ainda, a lista de árbitros em energia do International Centre for Dispute Resolution, braço internacional da American Arbitration Association.

Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Rio de Janeiro, em 1974, na Secção São Paulo, em 1989 e na Secção Distrito Federal, em 2001.  Graduado em 1972 pela Faculdade de Direito da Universidade do Estado da Guanabara (atualmente Universidade do Estado do Rio de Janeiro).  Concluiu o Programme International de Gestion Générale – PIGG, do INSEAD, em Fontainebleau, França, em 1977, e o programa Leading Change and Organizational Renewal – LCOR, da Stanford University, Palo Alto, Califórnia, em Novembro 2002.  É autor de diversos artigos publicados no Brasil e no exterior sobre arbitragem, infra-estrutura e operações estruturadas e palestrante no Brasil e no exterior.