Formação Acadêmica

Bacharel, Yale University, em idioma, cultura, historia, politica e economia russa.

Mestrado cum laude em Relações Internacionais especializando-se em economia internacional, européia e russa, Paul Nitze School of Advanced International Studies (SAIS), Johns Hopkins University em Washington, D.C. e Bologna, Itália

Juris Doctor em Direito pela University of Maine.

Experiência Acadêmica

Professor do curso intensivo em Negociação e Mediação de Conflitos para MBAs e advogados na MFUA, universidade privada maior da Rússia, Moscou, e Universidade Federal de São Petersburgo, abril de 2011. Professor Honorário da MFUA.

Professor convidado para ministrar curso de Arbitragem Internacional no Brasil em cooperação com Florida International University/Miami, 2011.

Presidente de dois painéis de arbitragem internacional comercial na Pre-Competição internacional Willem Vis, Faculdade de Direito, Universidade de Miami, Flórida, com seleções da França, México e Estados Unidos, fevereiro de 2011.

Professor convidado – “Juntando Mediação com Arbitragem (Medi – Arb) para Resolver Conflitos Comerciais Internacionais:Perspectivas e Experiências Occidentais x Chinesas”, curso pós-graduação de Arbitragem na América Latina, Facudade de Direito, Universidade de Miami, Flórida, novembro de 2008.

Professor convidado para os módulos de Arbitragem no curso intensivo pós-graduação sobre ADRs para advogados e juizes (em português), Faculdade de Direito, PUC-Minas, Belo Horizonte, 2001 e 2002.

Professor convidado para Curso de treinamento sobre Arbitragem (em espanhol) para advogados e juizes da Guatemala, Nova Universidade, Ft. Lauderdale, Flórida, 1998.

Co-elaborador e Professor – Curso especial de treinamento sobre arbitragem internacional para a firma Baker & McKenzie, Monterrey, México, julho de 1996.

Professor – Treinamento sobre Mediação em inglês e espanhol para o Centro de Conciliação e Arbitragem da Câmara de Comércio de Quito, Equador, julho de 1996.

Experiência Profissional

Advogado, Árbitro, Mediador e especialista em contratos internacionais, afiliado com Veirano Advogados em Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Porto Alegre.

Advogado, Árbitro e Mediador afiliado com Bastos-Tigre, Coelho da Rocha e Lopes Advogados em Rio de Janeiro e São Paulo, Diaz Reus em Miami, desde 2001.

Diretor Jurídico da Empresa para América Latina – 3Com/Palm (América Latina e Canadá), Oracle, e Digital Equipment (América Latina e Rússia) Corporation – Miami, Boston e California, 1988 – 2001.

Assessor jurídico nos EEUU – Módulo S.A., empresa brasileira de segurança de redes de informática e telecomunicações – Flórida, 1996 – 1998.

Presidente do Centro Interamericana de Resolução de Conflitos Comerciais – Miami, 1996 – 1998.

Assessor jurídico no Depto. Internacional do Banco de Boston – Boston, 1986 – 1987.

Idiomas

Inglês, Português, Espanhol, Francês e Russo.

Áreas de Especialização

Contratos e transações internacionais (licenciamento de tecnología, leasing,
fusões e aquisições, compra e venda, distribuição de produtos, etc.). Primeira atuação como árbitro na arbitragem internacional da AAA em 1986 num conflito sobre distribuição de produtos entre empresas espanholas e norte-americanas, no painel com Willem Vis.

Mediador de conflitos comerciais internacionais de grande porte acima de U.S.$ 1 milhão, as vezes mediações bilíngües em português-inglês ou espanhol-inglês com alto nível de successo.

Presidente de painel, árbitro-painelista, árbitro único, mediador e advogado em conflitos comerciais internacionais com a International Centre for Dispute Resolution (ICDR)/American Arbitration Association, London Court of International Arbitration (LCIA), Câmara de Comércio Internacional (CCI), International Institute for Conflict Prevention and Resolution (CPR/New York), e a Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI/Genebra), ANBIMA (escolhido como o primeiro árbitro estrangeiro), CAMARB (Minas Gerais) e ARBITAC (Paraná).

Arbitragens e mediações nos seguintes setores – Aeroespacial, petróleo e gás, energía elétrica, tecnología médica, mercados financeiros e investimentos, fusões e aquisições, joint ventures, seguros e reseguros, construção, vendas e distribuição de produtos (aço, madeiras, agropecuária, produtos de consumo), telecommunicações, informática, internet, propriedade intelectual, terceirização de serviços, acordos salariais de executivos, marítimo, e marketing no setor de esportes, com partes dos seguintes países – Alemanha, Argentina, Australia, Brasil (com várias arbitragens e mediações), Canadá, China, Costa Rica, Espanha, Estados Unidos, França, Honduras, India, Malásia, Noruega, Panamá, Reino Unido, Rússia e Venezuela.

Organizações Profissionais

Único Mediador certificado pelo International Mediation Institute, Haia (ver www.IMImediation.org) como mediador de conflitos internacionais entre empresas de países diferentes.

Elaborando estrutura e Regras de Arbitragem e Mediação para novos Centros de Arbitragem e Mediação das Câmaras de Comércio Brasil-India e Brasil-Turquia em São Paulo.

Membro Fundador e ex Vice-Presidente do Comitê Internacional de Arbitragem e Litígio, Bar (Ordem dos Advogados) do estado da Flórida (desde 2002 com 100+ integrantes)

Comitê Brasileiro de Arbitragem – CBAr; Sociedade de Arbitragem Internacional em Miami; Conselho Empresarial Brasil – EEUU (anos 90)

Ex Presidente, Comitê de Arbitragem, Associação Interamericana de Advogados.

Ex Presidente, Comitê da ONU da Associação Americana de Advogados (American Bar Association, Section of International Law & Practice). O Comitê de 75 advogados montou uma proposta sobre mediação da ONU para resolução de conflitos públicos internacionais. A proposta foi apresentada ao Harvard Program on Negotiation e publicada na revista norte-americana de política externa, SAIS Review, Foreign Policy Institute, Johns Hopkins University – Paul Nitze School of Advanced International Studies, Washington, D.C.)

Com registro nos bars (Ordens dos Advogados) estaduais e federais de Massachusetts e Maine, Estados Unidos.

Publicações Recentes Sobre Arbitragem e Mediação

“The Arbitrator as Mediator, and Mediator as Arbitrator”, Journal of International Arbitration (Haia), a ser publicada em dezembro de 2011.

“What’s Brewing in the International Commercial Mediation Process: Differences from Domestic Mediation and Other Things Parties, Counsel and Mediators Should Know”, AAA Dispute Resolution Journal, New York, February – April 2011.

International Commercial Arbitration Practice: 21st Century Perspectives, Redator-chefe com Horacio Grigera-Naón, Lexis-Nexis books/New York, publicado em outubro de 2010 (40 capítulos).

“Multidimensional Mediation”, Alternatives to the High Cost of Litigation, CPR/New York, fevereiro de 2010. Para um sumário deste artigo sobre mediação internacional, ver o link: http://www.cpradr.org/tabid/45/articleType/ArticleView/articleId/547/Default.aspx

Comentários publicados nos artigos sobre arbitragem no Brasil, “A Closer Look at Arbitration in Brazil”,Global Arbitration Review (London), Vol. 4, Issue 6 (janeiro de 2010).

“The New York Convention and the Enforcement of Foreign Arbitral Awards in Brazil”, Mealey’s International Arbitration Report – Special Edition Commemorating the 50th Anniversary of the New York Convention” (co-autor com Tozzini Freire Advogados, São Paulo), outubro de 2008.

Co-autor, “New Keys to Arbitration in Latin America”, Journal of International Arbitration (Haia), vol. 25, no. 1, fevereiro de 2008.

Comentários (“Expert Commentaries”) publicados por Lexis-Nexis online sobre vários aspetos de arbitragem
internacional –

1. “Hall Street Associates v. Mattel” (on the U.S. Supreme Court’s last word to decide whether contractual arbitration clauses or agreements calling for expanded judicial review of arbitration awards are enforceable or not – maio de 2008).

2. “Premium Nafta Products Limited” (on the decision by the United Kingdom’s highest court, the House of Lords, to widen the straits that had narrowed the role of arbitrators and independence of arbitration clauses – novembro de 2007).

3. “Société SNF – SAS v. Chambre de Commerce International” (French court decision on the question of which set of rules of
the arbitral institution are applicable when the arbitration clause is silent on the matter – novembro de 2007)

4. “Reasoned Awards/Preliminary Decisions in International Arbitration” (dezembro de 2007)

5. “Unclear Arbitration Clauses Leading to Unwanted Court Intervention” (janeiro de 2008)

6. “Borrowing” Institutional Rules for Ad Hoc Arbitrations” (fevereiro de 2009)

7. “Americatel El Salvador v. Cia. de Telecommunicaciones de El Salvador” (Problems with “dual system” arbitration clauses – maio de 2008)

8. “Arbitration in International Tax Treaties” (co-autor, fevereiro de 2008)

9. “Overview of Brazilian Arbitration Law Developments 2007 – 2008” (co-autor com Tozzini Freire Advogados, abril de 2008)

10. “Availability of Foreign Arbitral Forums: A Tale of Two Countries with Opposite Views – Chile and Ukraine” (maio de 2008)

11. “Arbitration in Chains of Contracts – France and Switzerland” (maio de 2008)

12. “Consequences to Parties for Nonpayment of Arbitrators’ Fees and Costs: Rulings from Two Key Arbitral Jurisdictions – the U.S. and Sweden” (co-autor, junho de 2008)

“Videoconferencing for International Mediation and Arbitration”, na biblioteca online do Instituto Internacional de Mediação (Haia), ver http://imimediation.org/index.php?cID=264&cType=document e na REVISTA BRASILEIRA DE ARBITRAGEM, No. 11, 2006.

“Drafting Arbitration Clauses: How to Avoid Pitfalls and Mistakes”, Swiss-Italian Chamber of Commerce International Arbitration Seminar, Coral Gables, Flórida, 2005.

Palestras Recentes Sobre Arbitragem

Palestrante, “The Latest Legal Developments Related to Arbitration in Brazil”, 6th Annual ICDR Arbitration Conference, Miami, april de 2008.

“A Experiência numa Arbitragem Internacional no Setor Petroleiro”, Instituto Ibero-Americano de Direito Marítimo, Rio de Janeiro, setembro de 2007.

“Considerações na Escolha do Árbitro na Arbitragem Internacional”, ARBITAC/AC Paraná, Curitiba, junho de 2006.

Cidadania

Norte-americana, com residência permanente no Brasil (RNE).